<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=488926721270482&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Na hora de escolher
31 de Maio de 2022.

Face norte, sul, leste ou oeste? Conheças as características de cada posição solar

 

Quem já comprou ou alugou imóvel provavelmente já ouviu falar na expressão “face norte”, que, segundo aqueles que entendem do assunto, seria a mais valorizada do ponto de vista de conforto térmico. Mas você sabe como determinar qual seria a face norte em um apartamento e, mais importante, por que a posição solar faz diferença do ponto de vista de bem-estar e conforto térmico de um imóvel?

 

posicao-solar-entenda-cada-uma

 

Em primeiro lugar, vamos à explicação. Simplificando, o sol nasce a leste (com pequenas variações de acordo com a estação do ano) e, ao longo do dia, se “desloca” para oeste — também com variações segundo a estação. Portanto, apartamentos com posição solar voltada para leste — com janelas e varandas voltadas para onde o sol nasce — tendem a receber mais luz durante o período da manhã. Já aqueles com posição solar oeste (direcionados para o poente) recebem uma maior incidência de raios solares à tarde.

E as consequências são óbvias: no primeiro caso, o imóvel tende a ficar mais quente de manhã e mais fresco no período vespertino, o que significa que tende a ser mais agradável do ponto de vista de conforto térmico, considerando que os raios solares matinais são menos intensos. Na mão contrária, os apartamentos com face oeste recebem os raios de sol da tarde e, por isso, tendem a ser mais quentes. É evidente que esses não são os únicos fatores que contam no conforto térmico de um imóvel; há outros que entram nesse cálculo, como o tipo de material construtivo da unidade e o planejamento da planta.

Mas, e no caso dos imóveis de face sul e dos valorizados “face norte”? Antes de avançar, cabe uma explicação: o sol não se “move”, ao longo do dia em uma “linha reta”, mas ligeiramente deslocado para o norte, o que significa que os apartamentos com posição solar voltada para essa face tendem a receber incidência dos raios ao longo de praticamente todo o dia; na mão contrária, apartamentos face sul recebem menos iluminação solar — o que, voltando a ressaltar, não significa necessariamente que sejam mais frios, já que, como já foi mencionado, uma série de outros fatores entram nessa conta.

 

 

Como determinar a posição solar de um apartamento

E como, afinal, determinar a posição solar do apartamento que estou comprando? Bem, a maneira mais simples é perguntar ao corretor, mesmo que por telefone, quando a busca pelo imóvel dos sonhos ainda está no início. A outra é visitando os estandes de venda; em boa parte das situações, as maquetes são expostas em sua “posição natural”, ou seja, no da mesma forma o prédio estará depois de pronto — isso até para o futuro comprador ter uma ideia, por exemplo, da orientação de um apartamento em relação a uma avenida mais movimentada e uma rua mais calma, por exemplo. A terceira forma de verificar a posição solar de um imóvel é usando a boa e velha bússola. Mas não, não estamos sugerindo ao leitor adquirir uma bússola. Hoje em dia, a grande maioria dos celulares possui aplicativos que fazem as vezes de bússola. Basta abrir o app, colocar o aparelho em uma superfície plana e alinhar a linha de orientação que aparece na parte de cima do visor com o norte (N). Muitos apps indicam a quantos graus a bússola está alinhada; nesse caso, basta deixar em 0°, exatamente o norte.

 

 

A posição solar e os benefícios para a saúde

O arquiteto Hélio Carneiro, da HOM Arquitetura, destaca que a incidência direta dos raios solares em um ambiente possui uma função higienizadora e bactericida, na medida em que combate os efeitos do excesso de umidade.

Por conta disso, nas unidades voltadas para o sul — que, como foi mencionado, tendem a ser mais frias — ele recomenda a adoção de alguns truques para evitar o excesso de umidade. Por exemplo, evitar revestimentos porosos (optando por superfícies lisas) e adotando, sempre que possível, materiais em acrílico, laváveis, madeiras tratadas com verniz, pisos vinílicos e carpete de madeira. Elementos que tendem a absorver mais a umidade, como madeira não tratada e excessos de cortinas e de tecidos não são recomendados.

Hélio destaca, lembra, por fim, que, na hora de checar a posição solar de um apartamento é sempre importante ter em mente eventuais anteparos que possam impedir a chegada da luz solar, sobretudo nas unidades em andares mais baixos. “A existência de um prédio vizinho, por exemplo, pode bloquear a entrada dos raios”, lembra. Por isso, é sempre importante realizar essa checagem, seja agendando uma visita durante o dia (e, sobretudo nos horários de maior incidência do sol) ou mesmo perguntando a um futuro vizinho ou a um porteiro.