<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=488926721270482&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Dicas para decorar
20 de Outubro de 2020.

Tendências de cores para 2021 remetem à busca por tranquilidade, segurança e volta às origens

Diante de um cenário de incertezas provocado pela pandemia e pelo isolamento social, os catálogos de tendências de cores para 2021, divulgados pelas principais marcas do setor no segundo semestre, com base em pesquisas de especialistas, remetem, de maneira geral, à segurança e ao conforto de um mundo conectado às coisas simples e às certezas mais básicas. Expressões como “segurança”, “jornada interior”, “autoconfiança”, “saúde” e “respeito ao Meio Ambiente” são algumas das que aparecem nos levantamentos apresentados por marcas como AkzoNobel (da Coral) e Sherwin-Williams.

Na paleta das cores mais expressivas, por exemplo, tons de vermelho, bronze e cereja são o destaque, remetendo a sentimentos como a autoconfiança e o amor. Já as tonalidades remetendo ao marrom, ao cinza e aos padrões amendoados inspiram solidariedade e os azuis mais sóbrios e tons “oceânicos” remetem à consciência ambiental. Uma aposta certeira para a decoração de apartamentos studio, por exemplo, as tonalidades atemporais, em padrões de branco e cobre, inspiram uma volta a um passado de mais tranquilidade e menores preocupações.

Eleita a cor do ano pela AkzoNobel, a “pedra esculpida” merece um destaque especial: ela é uma espécie de analogia dos anseios das pessoas diante dos desafios dos tempos atuais. Como “pedra”, remete à solidez buscada por muitas pessoas e à resiliência, “um aspecto sagrado de nossas casas”, como define a marca holandesa.

Já no catálogo da Sherwin-Williams, ganham destaque tonalidades como o marrom, o bege, o cinza e o argila (dentro do conceito de lar como um santuário em que há espaço para elementos da natureza), tons terrosos de alecrim, palha e creme (conceito de “encontro” como definição do significado do ambiente), limão, gelo e azul, além de cores mais vibrantes, como o rosa, petúnia e tonalidades de azul, como forma de estimular a criatividade, a autenticidade e a permissão para brincar, levando uma vida mais leve nos apartamentos em sp, sobretudo diante dos atuais desafios. A cor eleita como a principal referência do ano pela Sherwin-Willians é o cobre conectado.