<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=488926721270482&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Onde morar
5 de Janeiro de 2020.

Escolas bilíngues atraem famílias de imigrantes para o Alto da Boa Vista

O mercado de ensino bilíngue vem crescendo em ritmo acelerado em São Paulo e no Brasil, como um todo. Um levantamento da Associação Brasileira de Ensino Bilíngue (Abebi) mostrou que, no País todo, essas escolas movimentam cerca de R$ 250 milhões por ano. Em São Paulo, segundo a entidade, existem 71 escolas bilíngues e outras 8 internacionais, com 4.600 alunos.

Uma das regiões que mais concentram esse tipo de estabelecimento de ensino é o Alto da Boa Vista, bairro historicamente marcado pela colonização de diversos grupos de imigrantes, sobretudo alemães e americanos.

 

Diversidade de metodologias: de tradicionais a montessorianas 

Entre as escolas com tradição em ensino alemão, uma das principais é a Suíço Brasileira. Com mais de 50 anos, foi a 17ª mais bem colocada no ENEM entre as escolas de São Paulo em 2018. A instituição oferece, além de ensino bilíngue em português e alemão, um currículo que inclui francês, inglês e espanhol.

Outra escola bilíngue com ensino alemão é a Kindergarten Hänsel und Gretel. Criada em 1988, tem como foco as crianças mais novas e possui um corpo docente com professoras nativas nessa língua. Um pouco mais antiga, a TeddyHaus também trabalha com educação infantil e foi fundada em 1984. Oferece, além do ensino bilíngue, diversas atividades voltadas à cultura alemã, como música e culinária.

Com uma enorme tradição, a Chapel School possui 72 anos e foi fundada originalmente para dar educação católica às famílias de imigrantes americanos na região. A escola é hoje uma das mais internacionais instaladas no País, com alunos de mais de 30 países diferentes.

Criada pela pedagoga Monica D’Affonseca há mais de 30 anos, a Monica’s School é uma escola de educação infantil com uma proposta que une o ensino bilíngue (português-inglês) com um ensino baseado no Método Montessori (criado pela educadora italiana Maria Montessori).

Já a Tots and Teens  possui mais de 30 anos e tem como principal foco preparar alunos para o ingresso em escolas americanas e britânicas, tendo, inclusive, um calendário de atividades alinhado com o desses países.

O Colégio Belo Futuro, por sua vez, oferece ensino bilíngue com material produzido em parceria com a Macmillan Education Press e Oxford University Press. Ao final do curso, os alunos são certificados por meio do Cambridge University Young Learners Exam.

 

O Alto da Boa Vista

Com um ambiente ainda tranquilo e pouco verticalizado para os padrões de São Paulo, os apartamentos à venda no Alto da Boa Vista oferecem para as famílias em busca de boas opções de ensino excelentes escolas internacionais bilíngues para os filhos.

O Klasse Alto da Boa Vista, da Setin, é uma ótima opção de empreendimento para aqueles que querem viver na região, em apartamentos à venda de até 213m² e três suítes.