<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=488926721270482&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Onde morar
12 de Março de 2019.

Conheça o dia-a-dia de quem mora em studio no Centro de SP

João ainda estava se acostumando com a nova rotina. Mesmo podendo dormir por mais tempo, o seu corpo ainda insistia em acordar no antigo horário. Ele não se importava muito com isso, pois agora conseguia aproveitar muito mais a manhã e se arrumar com muito mais calma para ir trabalhar. Agora, dava tempo até para fazer academia e ir tomar café da manhã na padaria! Ele cuidava do corpo, mas nunca abriu mão do seu pão na chapa matutino.

Ele sabia que o novo apartamento iria mudar a sua rotina, mas nem imaginava que isso se estenderia para a sua qualidade de vida como um todo. Nem parecia que tinha passado por aquele aperto no começo da faculdade.

João nasceu em Botucatu (SP), mas com apenas 17 anos de idade se mudou para São Paulo, capital. Após terminar o ensino médio, ele decidiu que queria estudar na USP (Universidade de São Paulo). Fez cursinho, foi aprovado na Fuvest e conquistou a vaga no curso de engenharia. Como tudo aconteceu muito rápido, acabou dividindo um apartamento com um amigo.

O apartamento que dividia com o amigo era meio distante da faculdade e não contava com muitas opções de transporte público, por isso, sempre gastava muito tempo para se deslocar pela cidade. A localização não atrapalhava somente isso. João era obrigado a programar muito bem as suas compras, pois o bairro não contava com um bom supermercado. O jovem também possuía poucas opções de lazer no entorno, então acabava passando muito tempo com os amigos e utilizava o “apê” apenas para dormir (de vez em quando).

Um ano depois de começarem as aulas, já tendo completado 18 anos, ele foi buscar a oportunidade de estagiar em uma grande empresa. Para atingir esse novo objetivo, precisou fazer diversas entrevistas, até que foi aprovado em algumas delas e pôde escolher a que mais se adequava aos planos profissionais que já tinha traçado.

Desde então, a vida de João ficou muito atribulada. Ele fazia estágio nos períodos matutino e vespertino, para conseguir estudar no noturno. Com a nova realidade, começou a ficar muitas horas parado no trânsito e temia não conseguir cumprir com os compromissos. O pai, desde que João decidiu ir morar em São Paulo, estava preocupado em escolher um bom bairro para o filho viver.


João mora na República e usa o transporte público


Hoje, os longos congestionamentos de São Paulo não fazem mais parte da vida de João. O motivo? Ele escolheu morar em um apartamento studio, localizado na Praça da República.

O bairro, que fica na região central de São Paulo, conta com várias opções de ônibus. Como esse transporte público tem com corredores especiais, acaba não ficando parado em congestionamento e facilita na hora do estudante se deslocar.

Além disso, ele mora a apenas 80 metros da estação de metrô, que o leva para vários compromissos de forma rápida e segura.

Mudar para a República também trouxe outras facilidades para a vida dele. Como agora não tem muito tempo, devido à agenda lotada de compromissos, ele gosta de fazer as refeições em lanchonetes, passar rapidamente pelo supermercado e adquirir apenas o que precisa e comprar pão para o lanche da noite, quando já está chegando em casa.

A infraestrutura de comércio foi um dos motivos para João e o pai escolherem o Centro. A região conta com diversos estabelecimentos comerciais, desde lojas de departamentos a teatros, locais que o jovem gosta muito de frequentar.

Claro que ele também se preocupa com a saúde. Por isso, malha pelo menos três vezes por semana, mas sem perder tempo para se deslocar. O condomínio no qual o seu apartamento studio está localizado tem academia, o que faz com que ele se exercite sem sair do prédio.


Como todo universitário, ele também quer encontrar os amigos e desfrutar os famosos bares do Centro, da Rua Augusta e da Haddock Lobo, no sábado à noite. Morando pertinho, ele não demora nem 15 minutos para ir e voltar da balada e do happy hour. Afinal, pode ir e voltar de metrô, sem se preocupar em dirigir ou, se quiser aproveitar a noite, pedir um carro pelo aplicativo sai bem baratinho!

Nova call to action


Domingo é dia de descansar, mas também de arrumar o apartamento


Esse é o único dia em que ele não tem estágio nem faculdade. Assim, João aproveita para acordar mais tarde e descansar.

Quando levanta, precisa limpar o apartamento. Por sorte, o studio escolhido por ele e por seu pai é compacto e tem apenas o que ele precisa para ter conforto. Em menos de 2 horas ele já está com a casa toda em ordem!

Depois de terminar, João costuma descer para a lavanderia do prédio. Enquanto espera a roupa ficar limpa, usa o wi-fi disponível em todas as áreas comuns no prédio para conversar com os amigos e ler as sinopses de séries e filmes que assistirá.

Quando há prova na semana, ele costuma chamar todos para estudarem na sala de reuniões do prédio, que acomoda a todos com tranquilidade.

Já em épocas mais tranquilas no estudo, ele se reúne com os colegas para fazer um bom churrasco, sem sair do prédio. A churrasqueira elétrica do condomínio é uma atração à parte nos encontros de João com os colegas.

Ao fazer tudo no edifício, eles ficam tranquilos, pois sabem que o sistema de segurança é bom. O condomínio tem guarita 24 horas, além de porteiro e fechaduras biométricas. Isso faz com que João possa se divertir com segurança e ainda permite que os seus pais fiquem tranquilos. Afinal, sabem que o filho está em um bom lugar e que consegue se divertir sem deixar o condomínio.

Hoje, João está planejando seu aniversário, afinal, não se faz 19 anos todos os dias. Sua mãe já sugeriu um local. E adivinha onde fica? No próprio prédio em que o filho mora. O salão de festas é grande e tem capacidade para receber a galera, além de acomodar a família.

Que bom que eles escolheram um bom bairro, o apartamento studio e o condomínio com boa infraestrutura. Sem tudo isso, João não poderia se preparar, com segurança e tranquilidade, para ser o grande profissional que almeja!

Assim como João, seu filho também vai morar sozinho? Veja dicas de apartamento para uma pessoa.

Nova call to action