<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=488926721270482&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Onde morar
27 de Dezembro de 2018.

Saiba porque é importante conhecer o perfil dos moradores do seu futuro condomínio

Para encontrar o imóvel ideal, é importante lembrar que as incorporadoras criam empreendimentos pensados para determinados tipo de moradores. Assim, um conjunto residencial com playgrounds e brinquedotecas, por exemplo, tem como principal público famílias com crianças, que dependem desses ambientes para ter uma vida mais agradável.

Já o perfil de um condomínio de apartamentos studios, é o de pessoas que moram sozinhas, gostam de praticidade e de viver em áreas bem localizadas na cidade. Por isso, eles tendem a ser construídos em pontos estratégicos, perto de metrô e ônibus, oferecendo serviços que facilitem as atividades cotidianas de seus moradores, como lavanderia, escritórios compartilhados e academia, por exemplo.

Para entender melhor sobre como as construções procuram respeitar as características e necessidades de cada perfil comprador. Veja o que pessoas que moram sozinhas, famílias com e sem crianças e idosos precisam para ficarem satisfeitos com o apartamento.

Idosos como público comprador

Em cada fase da vida há uma necessidade diferente. Isso vale também na hora de escolher a moradia. Assim, quando o perfil das pessoas que moram no condomínio é de idosos, é preciso ter atenção não apenas ao tamanho do apartamento, mas também aos benefícios e segurança que ele oferece.

O ideal é que não seja grande demais, já que fazer faxina e limpezas em espaços maiores pode se tornar um problema na rotina. Por isso, os de cômodos integrados, como os studios, simplificam ainda mais o dia a dia, na hora de higienizar e organizar os objetos. 

Dentro de casa, barras de apoio em banheiros, por exemplo, ajudam na locomoção. O piso não pode ser escorregadio, para evitar acidentes e até fraturas. 

Vale lembrar que, a diminuição dos reflexos motores leva muitos a deixarem de dirigir. Assim, é importante que os idosos vivam em imóveis que ofereçam fácil acesso ao transporte público, como metrô, trem e ônibus.

Isso facilitará o deslocamento para o atendimento médico, comprar algo ou visitar um familiar. Por falar nas compras, o ideal é que a pessoa resida perto de lojas e supermercados, para facilitar a rotina diária. 

Como os exercícios físicos não podem ser esquecidos, a possibilidade de ir a uma academia ou usar a piscina, sem sair do condomínio, também deve ser levada em conta. Por fim, prefira o local com elevador, já que subir escadas nem sempre é possível. Com a idade, grandes lances de escada são arriscados e cansativos.

Nova call to action

Apartamentos para famílias com crianças 

Crianças precisam de liberdade para brincar e correr. Assim, é necessário ficar atento tanto ao espaço interno do apartamento quanto ao externo. Com empreendimentos pensados para cada tipo de comprador, os que são voltados para famílias com crianças devem considerar a necessidade de oferecer apartamentos com vários quartos: um para os responsáveis e outros para cada um dos pequenos. Famílias que pretendem ter mais filhos já podem optar logo por um imóvel com quartos a mais.

Nas janelas e sacadas, redes de segurança são essenciais. Afinal, as crianças não têm noção de perigo e cabe a quem planejou o local fazer o possível para que acidentes sejam evitados. 

Cozinhas e salas conjugadas podem até oferecer um espaço maior para a brincadeira, mas também, significam perigo. Afinal, quando muito novinhos, os pequenos mexem em tudo e podem se queimar com panelas quentes, por exemplo. Se a família tem crianças muito novas ou pretender tê-las, é melhor optar por espaços divididos. 

No condomínio, é indicado que tenha piscina infantil, brinquedoteca, quadras, salão de festas, playground e área de leitura. Tudo isso para encantar os pequenos. Já para os pais, academia e área de churrasqueira podem ser opções interessantes. 

Assim como no item anterior, a facilidade de locomoção e o acesso a escolas, supermercados, farmácias e outros estabelecimentos devem ser observados. Afinal, é preciso ter tudo perto, quando se tem crianças em casa.

Famílias sem crianças

Quando os moradores não têm crianças, mas são vários adultos, é preciso que o apartamento tenha quartos para todos. Além disso, é indicado verificar o número de vagas na garagem, caso mais de um a pessoa da família tenha carro. Confira também as facilidades oferecidas pelos condomínios, como: 

  • Salões de festas;
  • Piscinas
  • Terraço com churrasqueira;
  • Academias;
  • Espaço gourmet;
  • Spa com sauna
  • Home office
  • Quadras esportivas;
  • Beauty Care
  • Bicicletário;
  • Salão de jogos

Pessoas que moram sozinhas

No geral, quando a pessoa não divide o imóvel com ninguém, ela procura algo menor. Apartamentos no estilo studio são fáceis de serem limpos e requerem menor gasto com manutenção.

Para os que gostam de pedalar e querem aproveitar as ciclovias da capital paulista, ter um bicicletário no prédio ajuda muito. O fácil acesso ao metrô e aos ônibus, ajuda na hora de se locomover até a faculdade ou trabalho. Sendo assim, não é preciso se preocupar com garagem, já que se torna mais simples usar o transporte público.

Como o espaço é menor, se torna interessante que o condomínio seja bem estruturado, com ambientes compartilhados como: 

  • Academias;
  • Espaço gourmet
  • Salões de festas;
  • Piscinas
  • Bicicletário;
  • Spa com sauna
  • Quadras esportivas;
  • Forno de pizza
  • Churrasqueira
  • Salão de jogos

Para atender às características e necessidades de cada perfil comprador, esse tipo de empreendimento também precisa ter itens de segurança. Assim, quando você entrar em férias e for viajar, poderá voltar tranquilo, sabendo que tudo estará como deixou.

Nesses casos, é bom poder contar com a segurança que o condomínio oferece com itens como guarita blindada, portaria com segurança 24 horas e câmeras de segurança, além de soluções para cada apartamento como fechaduras biométricas. 

Como você pôde notar, as necessidades e o perfil das pessoas que moram em condomínios variam muito. É por isso que é importante ficar atento e preferir as incorporadoras que pensam as características do empreendimento de acordo com os moradores. Assim, garantirá mais conforto e facilitará a adaptação da nova rotina de vida em São Paulo.

Ainda tem dúvidas quanto a escolha do apartamento? Confira mais dicas no blog da Setin.

Nova call to action